Colabore com o Mapeamento de experiências de mulheres em STEAM: Acesse o Formulário Mulheres em Steam.

RESPONSABILIZAÇÃO Já

Punição dos culpados e ações imediatas para a mudar o quadro da pandemia!

Neste momento em que atores institucionais relevantes, como o Senado, o Supremo e diversas organizações da sociedade civil expõem e documentam a ação criminosa do governo diante da pandemia, a Rede Brasileira de Mulheres Cientistas lança a campanha #RESPONSABILIZAÇÃOJÁ . Exigimos a punição dos culpados e ações imediatas para a mudança desta realidade!

QUEM SOMOS?

Somos mulheres cientistas brasileiras e, neste momento tão dramático, que afeta inclusive as nossas produções científicas, buscamos atuar em defesa das mulheres a partir de uma perspectiva que busca a atenção a algo praticamente ignorado no debate público: a condição das mulheres brasileiras na pandemia. Para isso criamos essa rede que nasceu a partir da Nossa Carta de Lançamento assinada por mais de 3000 cientistas brasileiras. Conheça aqui a nossa carta. E conheça as cientistas do nosso Comitê Executivo.

ALGUMAS PROPOSTAS

parcerias

Ampliar debates

Buscar formas de ampliar esse debate na esfera pública, envolvendo jornalistas, associações profissionais, gestoras e gestores públicos, movimentos feministas e populares etc., para que esse debate seja uma busca coletiva de construção de soluções.

parcerias

Atuar em parcerias

Atuar junto a gestores públicos, em diferentes níveis da federação, oferecendo conhecimento técnico, sob a forma de cartilhas e protocolos, para ampliar a capacidade de resposta desses órgãos públicos.

experiências

Difundir experiências

Compartilhar experiências positivas de resposta à pandemia, sobretudo as periféricas, tanto de auto-organização de comunidades (Paraisópolis, Complexo do Alemão etc.) como de governos locais (Niterói, Araraquara etc.), com ênfase na participação das mulheres nesses processos. 

No momento em que lançamos nossa carta tivemos o apoio de mais de 3000 cientistas brasileiras assinaram este documento e deram início a nossa Rede. Conheça essas  mulheres cientistas que querem ajudaram o nascimento da Rede Brasileira de Mulheres Cientistas.

NOTAS TÉCNICAS

Nota Técnica n.13 – Alimentação e segurança alimentar como pauta para as eleições de 2022

Nesta nota, abordamos os dados alarmantes da situação de insegurança alimentar no Brasil e como esse fato deve ser objeto de preocupação dos futuros parlamentares e representantes do executivo estadual e federal.

Nota Técnica n.12 – A cor e os territórios da invisibilidade no Brasil durante a pandemia 

Nesta nota, apontamos como, no Brasil, pode-se perceber a existência de uma territorialização e racialização da pobreza que atinge, sobremaneira, mulheres negras e periférias. Sendo que, a pandemia da
Covid-19, apenas acentuou as distâncias há muito existentes.

Nota Técnica n.11 – Por que a coordenação nacional de políticas públicas importa para os direitos dos cidadãos, especialmente na pandemia? 

Nesta nota, apontamos a responsabilidade do governo federal na coordenação e condução nacional de políticas públicas no enfrentamento dos efeitos sanitários e socioeconômicos da pandemia

A Rede Brasileira de Mulheres Cientistas quer produzir um relatório com os achados de pesquisas já desenvolvidas pelas pesquisadoras da Rede, para subsidiar os debates da CPI da COVID.
Caso você tenha desenvolvido pesquisas relacionadas ao tema e tenha interesse em contribuir para esse relatório, preencha o formulário abaixo.

Identidade Visual: Profa. Dra. Rafaella Lopes Pereira Peres (UFMS)

Construção do site: Mariana Miranda Tavares